Boa notícia: empresas do Simples Nacional devem pagar menos impostos em 2018

October 5, 2017

 

​Empresários com menor faturamento anual serão os maiores beneficiados com a novidade.

 

No próximo ano, ao hora de calcular o valor de seus impostos, alguns empresários poderão notar a diferença: as 20 categorias de faturamento que determinam a porcentagem do imposto sobre faturamento agora são apenas seis. Isso acontece como parte da nova regra do Simples Nacional. A maior novidade está na porcentagem de tributos a pagar.

 

A mudança na regra reclassifica as empresas e beneficia aquelas com menor lucro anual. Outra novidade válida a partir de 2018 é o aumento do teto para participação: o limite, que atualmente é de empresas com faturamento até R$ 3,6 mi, sobe para R$4,8 mi ao ano.

 

O Simples surgiu como uma forma de unificar tributações. Ele une oito taxas diferentes em um único boleto, fazendo micro e pequenos empresários economizarem tempo e reduzirem a papelada. Apesar do aumento das alíquotas, o valor de desconto passa a ser fixo e inversamente proporcional ao faturamento da empresa, ou seja: empresas com faturamentos menores recebem maiores descontos.

Setor de venda de autopeças

 

Os proprietários de lojas de autopeças menores serão os maiores beneficiados. Segundo informações da Gazeta do Povo, um comércio com faturamento de R$360 mil, por exemplo, hoje paga 3,61% de imposto. Para o ano que vem, a alíquota irá subir para 4,82%, mas a empresa passa a ter direito a um desconto de R$ 5.940. Na prática, isso deve gerar uma economia de R$1,5 mil no final do ano. Autopeças com faturamento próximo ao teto atual, de R$3,6 milhões, devem pagar mais: o valor de imposto fica na casa de R$4.500, em média. Se este é o caso da sua loja, programe-se! Pode ser melhor aderir a

 

Mudanças para representantes comerciais

 

Segundo matéria do portal contabeis.com.br, o novo regime de tributação pode ser vantajoso para os representantes comerciais. Mas alerta: "Na prática, ainda será preciso fazer conta e avaliar a pertinência de adotar ou não o regime simplificado, avaliando o custo-benefício financeiro e burocrático de cada opção."

 

Você pode conferir a matéria na íntegra clicando neste link.

 

Programe-se

 

A transição para o novo Simples Nacional acontece em janeiro e pode ser trabalhosa para os empresários. Por isso, a primeira dica dos especialistas é não deixar para a última hora e calcular o imposto de 2018 o quanto antes.

Mesmo que a nova legislação valha apenas a partir de janeiro do próximo ano, é possível também agendar a mudança durante os meses de novembro e dezembro – algo semelhante ao que já acontece com o Imposto de Renda.

 

É importante também verificar se houve mudanças na tabela que classifica as empresas. O portal Gazeta do Povo reuniu estas informações.

 

 

 

 

 

 

Please reload

Matriz SP:   (11)  4138 8121  -  DDG: 0800 015 1173

Filial RS:      (51)  3041-8535  -  DDG: 0800 601 8535

Filial SC:      (48)  3089-7500  -  DDG: 0800 005 7070

Filial MG:    (31)  2138-6538  -  DDG: 0800 585 8535

Filial PR:      (41)  3202-0860  -  DDG: 0800 400 0860

  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

© 2015 todos os direitos reservados a New Kar Distribuidora Ltda.